30 de outubro de 2014

Em tom de conversa [Julian Barnes]


[...] se você continua vivendo com alguém, lentamente vai perdendo a capacidade de fazer essa pessoa feliz, embora sua capacidade de magoar permaneça intocada. E vice-versa, é claro.

Um triângulo amoroso no melhor humor irônico de Julian Barnes, Em tom de conversa não é uma história de amor, mas antes, uma história sobre o amor. Também sobre infidelidade. E faz compreender que não existem regras imutáveis no casamento.


29 de outubro de 2014

Hangout Cecelia Ahern: envie sua pergunta!


Fui convidada pela Editora Novo Conceito para um hangout com a autora Cecelia Ahern, que ocorrerá no dia 5 de novembro.

Se você tem uma pergunta para a autora e gostaria de tê-la respondida no hangout, é só enviá-la através do formulário abaixo! Ah, pode enviar quantas perguntas desejar: as melhores serão selecionadas e enviadas para o hangout com Cecelia Ahern!


28 de outubro de 2014

3 motivos para ver "Miss Violence"


Recentemente, assisti ao longa do jovem diretor grego Alexandros Avranas, intitulado Miss Violence. Por trás de um título e sinopse já bastante intrigantes, me vi diante de um filme tão incrível quanto pesado, sobre o qual eu precisava falar aqui no blog.


27 de outubro de 2014

5 brinquedos que eu queria ter guardado para o meu (futuro) filho #Rotaroots

Vou começar este post com uma confissão: ainda adoro brinquedos! Sempre dou uma espiada nas vitrines e não é raro eu querer entrar numa loja de brinquedos quando passeio no shopping.

Meus brinquedos atuais, considerando meus quase 28 anos, se resumem a vários bichos de pelúcia, uma ou outra boneca de pano, um Playmobil modesto (que é mais artigo de decoração) e meus amados bebês de coleção – tenho uma Adora e uma Lee Middleton. Mas estes são brinquedos já da minha “idade adulta”; da infância mesmo não restou nenhum. (Ah, minto: ainda tenho uma “barbie” da Princesa Jasmine, mas está sem a roupinha original...)

Agora, não é que eu seja saudosista, mas os brinquedos lá da década de 80 e 90 eram diferentes, mais especiais. Quem foi criança naquela época bem o sabe! Então, vou deixar a nostalgia rolar solta por um momento e listar 5 brinquedos da minha infância que eu gostaria muito de ter guardado para o meu futuro filho (ou filha!).

1. MENINA-FLOR


Sempre gostei muito de bonecas – até hoje, inclusive. E a Menina-Flor era uma boneca queridíssima, toda molinha, daquelas bem gostosinhas de dormir, sabe?


24 de outubro de 2014

Bonsai [Alejandro Zambra]


Menos é mais, já dizia alguém suficientemente sábio. E é com uma simplicidade genial que Alejandro Zambra traz essa história de amor em que “há mais omissões que mentiras, e menos omissões que verdades, dessas verdades que são chamadas de absolutas e que costumam ser incômodas”.


22 de outubro de 2014

21 de outubro de 2014

Em cartaz: Grandes Amigos


Originado de uma exitosa peça de teatro, a comédia dramática Grandes Amigos traz vigor e se apoia em elenco cativante.

Walter Orsini (Gérard Lanvin) é do tipo que fala alto, é durão, mas tem um grande coração e preza a sinceridade acima de tudo. É dono de um restaurante famoso, e adora uma boa comida e bons vinhos. Entre suas grandes paixões, estão seus melhores amigos, Paul (Jean-Hugues Anglade) e Jacques (Wladimir Yordanoff) – escritor em crise e livreiro, respectivamente –; e também a filha de 20 anos, Clémence (Ana Girardot), que mora com ele e ainda é considerada “sua menininha”. Sua vida, porém, será sacudida ao descobrir que um de seus grandes amigos e sua filha lhe escondem algumas coisas...


20 de outubro de 2014

Livro + filme: O Jantar


Por ocasião da 38ª Mostra Internacional de Cinema de SP, que começou na última quinta-feira e vai até o dia 29 deste mês, tive a chance de assistir à adaptação – homônima – de O Jantar. E saí da sala com a mesma sensação superpositiva de estupefação e desconforto que o livro me proporcionou. Também compreendi por que o longa obteve sete indicações ao Rembrandt Award, prêmio de cinema holandês.